Quem Somos Nós?

Floresta Cheia Instituto de Conservação Ambiental foi criado em 23 de outubro de 2019 na cidade de Goiânia-GO por biólogos engajados na conservação do meio ambiente e todas as espécies que dele fazem parte.

O Instituto tem o objetivo de promover e executar ações voltadas para conservação ambiental, visando a restauração e proteção dos serviços ecossistêmicos e ambientais.

Nosso nome

O nome Floresta Cheia, originou-se a partir da contraposição do conceito “Floresta Vazia” proposto por Kent Redford em 1992, onde sugere que as ações humanas afetam as florestas, direta e indiretamente. Ainda que intactas, as florestas sem sua fauna não estão efetivamente preservadas, pois a flora, a fauna e o ambiente dependem uns dos outros para a convivência harmônica e a sobrevivência coletiva. Desta forma, nossa instituição foi criada inspirada em promover e executar ações que retomem a vida integral dos ambientes naturais de maneira que os serviços ecossistêmicos sejam restaurados e que todos os seres que deles desfrutam tenham a garantia de um meio ambiente preservado.

Nossa Equipe

Alex Miranda
Biólogo

Amanda Alves de Melo
Bióloga
Mestre em Genética e Biologia Molecular

Amanda Oliveira
Graduanda em Ciências Biológicas

Ana Clara
Graduanda em Zootecnia

Gabriela Santos
Bióloga
Mestranda em Ecologia e Evolução

Jaqueline Ramos
Bióloga

Karla Vitória
Graduanda em Medicina Veterinária

Lara Leal
Graduanda em Ciências Biológicas

Larissa Carvalho
Bióloga
Mestre em Genética e Biologia Molecular

Laura Mathias
Graduanda em Ciências Biológicas

Marina Monteiro
Bióloga 
Mestre em Ciências Florestais
Doutora em Agronomia

Matheus Felipe
Graduando em Ciências Biológicas

Nathália Gabrielli
Graduanda em Ciências Biológicas

Renato Augusto
Graduando em Ciências Biológicas

Tamires Silva
Graduanda em Medicina Veterinária

Nossos Conselheiros

Fausto Nomura
Biólogo 
Doutor em Zoologia

Mariana Pires de Campos Telles
Bióloga 
Doutora em Ciências Ambientais

Victor Yunes
Médico Veterinário
Mestre em Patologia Clínica Animal